PESQUISAR

A CAPA REPRESENTAVA UM LEGADO PROFÉTICO... A UNÇÃO ESTAVA NO HOMEM (ELISEU)!

Por Marco Sousa


“Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faça, antes que seja tomado de ti. E disse Eliseu: Peço-te que haja sobre mim dobrada porção de teu espírito. Respondeu Elias: Coisa difícil pediste. Todavia, se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não, não se fará”. (2 Reis 2: 9-10).

Ao receber algo tão maravilhoso, Eliseu foi capaz de inspirar gerações a se atreverem a pedir o mesmo que ele pediu. Mas antes de pedir ele doou a sua vida ao serviço ministerial como um verdadeiro profeta de Deus. Eliseu serviu a Elias todos os dias de sua vida, após o seu chamado. Ele trabalhou nos bastidores e esperou o momento certo em que Deus usaria a sua vida com bastante poder e graça.

O novo profeta, além de ser o serviçal de Elias, foi também seu fiel companheiro de jornada, também doou os poucos bens que possuía, em prol da causa (matou os bois, para seguir Elias). A postura de Eliseu seguindo os passos de Elias, fez dele o fiel sucessor e o homem que Deus usaria para dar continuidade ao seu plano de restauração da vida espiritual do seu povo.

A condição para receber a porção dobrada era apenas uma, afinal os requisitos citados anteriormente qualificavam Eliseu: o novo profeta precisava ver Elias sendo arrebatado e ele o viu. Naquele evento celestial Elias foi tomado, mas deixou cair a sua capa, aquela mesma capa usada no primeiro chamado de Eliseu, quando ele estava arando a terra com seus bois. O ato de Elias deixar a capa era uma espécie de segundo chamado, uma transferência de ministério e até mesmo de legado e de herança espiritual. Era mais que simbólico, era profético. E a capa foi usada no primeiro milagre de Eliseu.

A porção dobrada estava chancelada pelo céu. Há um pacto de fidelidade mútua entre Deus e seus servos fiéis, que se torna pleno quando o crente avança executando toda a vontade de Deus.

Os 7 Milagres operados por Elias
1 - O alimento da viúva de Serepta não acabou (1Reis 17,8-16).
2 - Ressuscitou o filho da viúva de Sarepta (1 Reis 17,17-24).
3 - Oração profética e o enfrentamento dos profetas de Baal (1Reis 18,18-40).
4 - Alimento espiritual: 40 dias e 40 noites caminhando com a força do pão e uma botija de água (1 Reis 19,8).
5 - 6 - Matou, com o fogo do céu os chefes do exército de Acazias (2 Reis).
7 - Separou o Jordão com sua capa (2 Reis 2,8).

Os 14 Milagres operados por Eliseu
1 - Abriu o rio Jordão com a capa de Elias (2 Reis 2,14).
2 - Tornou potável a fonte das águas de Jericó (2 Reis 2,22-23).
3 - A morte dos 42 adolescentes malcriados sendo despedaçados por duas ursas (2 Reis. 2,23-24).
4 - Providenciou água a três reis e seus exércitos (2 Reis 3,15- 20).
5 - Multiplicou o azeite da viúva de um dos filhos dos profetas (2 Reis. 4,6-7).
6 - Ressuscitou o filho da Sunamita (2 Reis  4,19-35).
7 - Tirou a morte da panela envenenada (2 Reis 4,41).
8 - A multiplicação dos 20 pães para 100 homens (2 Reis.4,42-44).
9 - Curou Naamã da lepra (2 Reis 5,14).
10 -Colocou a lepra de Naamã em Geazi, seu auxiliar (2 Reis).
11 - Fez flutuar um machado (2 Reis 6, 6-7)
12 - Profetizou o fim da fome em Samaria e recebeu livramento da investida dos sírios (2 Reis 6,18).
13 - Devolveu-lhes a visão (2 Reis 6,20).
14 - Depois de Eliseu morto, um defunto foi jogado dentro de sua sepultura (2 Reis 13,21) e o mesmo ressuscitou.

Elias fez durante sua vida o total de 7 milagres e Eliseu fez um total de 14 milagres. Portanto Eliseu fez o dobro dos milagres de Elias. Deus é Senhor da história e tem um compromisso real com a história do seu povo.

Glória ao Pai, Glória ao Filho e Glória ao Espirito Santo!